MANGAHIGH

Save Our Dumb Planet

Equações Lineares, Quadráticas e Cúbicas

Defenda a Terra dos meteoritos mortais, usando mísseis planetários. Uma equipe de cientistas patetas estão à disposição para sugerir possíveis trajetórias e muita conversa fiada. Localize as suas coordenadas rapidamente ou encontre um novo planeta!

Equações Lineares, Quadráticas e Cúbicas, Coordenadas, PIDMAS

Instruções

Objetivos do game

O objetivo deste jogo de matemática é proteger a Terra dos meteoros e outros perigos espaciais, utilizando seus conhecimentos de álgebra para precisamente calcular a trajetória dos mísseis terra-espaço lançados da Terra.

Infelizmente, você será aconselhado por cientistas com qualificações duvidosas e muito insistentes, que recomendarão fórmulas para a trajetória conflitantes. Cabe a você escolher a melhor fórmula e calcular y por x para plotar dois pontos e guiar o seu míssil até o alvo.

Destrua todas as ameaças para salvar a humanidade, usando a menor quantidade de mísseis possível.

Como jogar

Assim que um meteoro é identificado, ele aparece na tela de defesa e cada um dos três cientistas lhe recomendará uma fórmula. Sua primeira tarefa será identificar a fórmula verdadeira para as coordenadas x e y do meteoro.

Escolha a fórmula correta clicando nela. Em seguida, use a fórmula escolhida para localizar dois pontos para o míssil. Localize os pontos posicionando o mouse nas coordenadas apropriadas e depois clique. O míssil será armado automaticamente e estará pronto para ser lançado.

Se você errar o meteoro por ter escolhido uma trajetória incorreta ou por não ter posicionado os pontos precisamente, o meteoro se aproximará da Terra antes de você ter a oportunidade de lançar outro.

Guia de Níveis

Níveis Descrição Ações Necessárias
As trajetórias dos mísseis são descritas através de fórmulas lineares cada vez mais complexas. Escolha uma fórmula que é verdadeira para as coordenadas x e y do meteoro
Localize dois pontos para aquela fórmula.
Obstáculos surgem no espaço. Use fórmulas quadráticas para "flectir" o seu míssil ao seu redor. Escolha uma fórmula que é verdadeira para as coordenadas x e y do meteoro, MAS que não passe pelo obstáculo.
Localize dois pontos para aquela fórmula.
12 Como acima, só que desta vez há três obstáculos que devem ser evitados. Escolha uma fórmula que é verdadeira para as coordenadas x e y do meteoro, MAS que não passe pelo obstáculo.
Localize dois pontos para aquela fórmula.
Vários meteoros se aproximam em uma trajetória linear, mas apenas um é uma ameaça à Terra. Encontre-o e destrua-o! Escolha o meteoro que se chocará contra a Terra.
Escolha a trajetória que atingirá o meteoro correto.
Localize dois pontos para aquela fórmula.
A espaçonave alienígena aparece! Use fórmulas cúbicas para que seus mísseis consigam penetrar seus sistemas de defesa. Escolha a fórmula que é verdade para as coordenadas x e y da nave alienígena.
Localize dois pontos para aquela fórmula.
18 O planeta alienígena é revelado! Os covardes dos cientistas estão aterrorizados e em pânico. Por isto, você terá de criar uma trajetória personalizada. Ajuste as variáveis com as setas para cima/para baixo para criar sua própria fórmula.

Controles do game

Você terá três oportunidades para destruir cada ameaça antes que esta alcance a Terra.

Escolha a trajetória clicando-a. Se mudar de ideia quanto às trajetórias, você poderá simplesmente clicar noutra trajetória para cancelar a que fora escolhida anteriormente e quaisquer pontos plotados.

Pontos são plotados clicando numa grade de referência. Os pontos poderão ser cancelados clicando sobre eles novamente.

Nos níveis 13 e 14, três meteoros surgirão ao mesmo tempo e cada meteoro possui um rótulo com sua própria trajetória. Primeiro, você terá de identificar o meteoro que representa uma ameaça em potencial à Terra e clicá-lo. Depois de escolher o meteoro, você deverá seguir o procedimento normal para escolher a trajetória de voo do míssil e plotar os pontos na direção do meteoro escolhido.

No Nível 18, os cientistas estão aterrorizados e se recusam a ajudar. Você terá de gerar sua própria fórmula para a trajetória do míssil utilizando o gerador de trajetórias.

Opere o gerador de trajetórias clicando nas setas para aumentar ou reduzir os valores. Você terá de criar uma fórmula que é verdadeira tanto para a Terra como para o planeta alienígena.

Sequência de Lançamento do Míssil

O sistema de rastreamento do míssil transmitirá a trajetória do míssil durante o voo e o fator de precisão dos pontos localizados como "Perfeito!", "Muito Bom!", "Regular" ou "Ruim" em tempo real.

Se um míssil for lançado, mas o operador escolheu uma trajetória incorreta, o míssil errará o meteoro, não importando quanto bem os pontos foram plotados.

Se um míssil for lançado numa trajetória correta, mas os pontos foram localizados incorretamente, o míssil se desviará da trajetória esperada e poderá errar o meteoro totalmente.

Pontuação

Sua pontuação geral é igual ao somatório dos pontos mais altos alcançados em cada nível completado. A fórmula para a pontuação em um dado nível é:

(Pontuação do Ponto 1 + Pontuação do Ponto 2 + Bônus Tempo) × Multiplicador do Nível × Fator Míssil
Pontuação do ponto "Perfeito!"
5.000 pontos
Pontuação do ponto "Muito Bom"
2.000 pontos
Pontuação do ponto "Regular"
1.000 pontos
Bônus tempo
5 pontos por cada segundo disponível no relógio
Multiplicador de nível
Equivalente ao número do nível
Fator míssil
Acerte o meteoro na primeira tentativa – 100%
Acerte o meteoro na segunda tentativa – 50%
Acerte o meteoro na terceira tentativa – 25%

Por exemplo: digamos que você acabou de completar o Nível 4 (Multiplicador de nível = 4). Você atingiu o meteoro com o segundo míssil (Fator míssil = 50%) e com 30 segundos disponíveis no cronômetro (Bônus tempo = 5 × 30 = 150 pontos). O míssil passou pelo primeiro ponto com uma classificação "Perfeito!" (Pontuação do ponto 1 = 5000 pontos) e o segundo com uma classificação "Regular" (Pontuação do ponto 2 = 1000 pontos). Portanto, sua pontuação total para o nível seria: (5000 + 1000 + 150) × 4 × 0,5 = 12300 pontos.

Assim, a regra de classificação alta é simples: acerte na primeira tentativa e acerte rápido!

Seu desempenho em cada nível será armazenado e mantido.

Melhore a sua pontuação

Escolhendo a equação correta

A Terra está sempre na curva da fórmula correta, mas pode, também, estar na curva de outras fórmulas. Quando estiver tentando decidir qual equação escolher, tente substituir a coordenada x do meteoro em cada equação. Você poderá ver se a coordenada y produzida pela equação corresponde à do meteoro. Caso corresponda, a referida equação lançará um míssil que atingirá o meteoro.

Lembre-se de sempre seguir as regras PIDMAS quando substituir os valores x na equação. Por exemplo: se y = 3x² + 6 e você está substituindo x = 5. Então, você precisará calcular o valor de y primeiro, quadrando x antes de multiplicar por 3; neste exemplo: y = 3 × 5² + 6 = 3 × 25 + 6 = 75 + 6 = 81.

Nos níveis mais difíceis, você precisará saber resolver operações de multiplicar, adicionar e subtrair com números negativos, ou seja, você precisará saber como responder coisas como: − 5 × 7; 6 − (− 4); (− 4)².

Às vezes, um cálculo poderá dar um valor muito grande e você deve considerar usar uma aproximação para economizar tempo. Se uma aproximação infere que um míssil passará próximo do meteoro você, possivelmente, encontrou a equação correta.

Quando tentar calcular a coordenada y que uma equação dá, às vezes, é possível dizer se a resposta será positiva ou negativa sem ter de calcular os valores. Na equação y = 2x² + 3x + 10, por exemplo: se x = 2, então y certamente será um número positivo. Se um meteoro possui uma coordenada y negativa, você poderá dizer que esta equação não funcionará. Você poderá, então, tentar outra equação.

Nos níveis iniciais, se você souber como deduzir o gradiente de uma linha baseado na sua equação, isto lhe ajudará a escolher a equação correta.

Localizando Pontos

Para localizar os pontos precisamente, você precisa substituir o valor da coordenada x na equação correta. Para facilitar o cálculo, escolha o valor de x mais fácil localizado entre a Terra e o meteoro. Os valores mais fáceis de usar (mais fáceis listados primeiro) são: x = 0, 1, 2, 5, (-1), e 3.

Obstáculos

Se a trajetória do seu míssil passar próximo demais de um obstáculo, o míssil explodirá e o meteoro não será destruído. Quando houver muitos obstáculos, você precisará escolher a sua equação com muito mais cautela.
Tente substituir a coordenada x de um ponto próximo do obstáculo na equação escolhida. Isso lhe dará uma ideia de quão próximo o seu míssil passará dos obstáculos.

Vários Meteoros

Nos níveis com vários meteoros, você precisará decidir qual dos meteoros está em rota de colisão com a Terra. Use a coordenada x da Terra e substitua este valor na equação que é mostrada para cada meteoro (a equação para a trajetória de voo do meteoro pode ser vista rolando o cursor sobre os meteoros). Após substituir a coordenada x da Terra na equação na equação da trajetória do meteoro, você poderá ver se a coordenada y corresponde à da Terra.

Equações Personalizadas

O último nível requer que você crie sua própria equação para a trajetória para destruir o planeta alienígena. Você deve tentar usar uma equação quadrática ou cúbica para a trajetória de voo do míssil. Você precisará usar a coordenada da Terra e, também, a coordenada para o planeta alienígena.

A Terra está sempre posicionada em x = 0. Portanto, você poderá usar sua coordenada y para determinar se y intercepta a equação. Agora, use a coordenada x do planeta alienígena para determinar o coeficiente para x² ou x³.

Boa sorte!